Tudo o que você precisa saber ITBI!

4 minutos para ler

A transferência de um imóvel exige certas burocracias e com isso, compradores e vendedores desavisados podem ficar confusos e lidarem com etapas inesperadas dentro de todo o trâmite.

Pensando nisso, nós vamos te explicar nesse texto sobre um imposto importante: o ITBI.

Mas afinal, o que é ITBI?

Para entendê-lo, basta saber o significado da sigla, que é “Imposto de Transmissão de Bens Imóveis”, ou seja, é um imposto que deve ser pago quando houver uma transferência imobiliária.

Ele está dentro da Constituição Federal e só é cobrado na transferência de um imóvel envolvendo pessoas vivas.  Quando é por falecimento, o imposto é o ITCMD.

Quem paga é o comprador ou vendedor?

Não existe uma regra clara dentro da Constituição sobre quem deve pagá-lo, porém o que geralmente fica estabelecido é que este é um dever de quem está comprando o imóvel. Algumas leis municipais também podem ter suas próprias interpretações, mas caso não encontre nada específico, nada impede que o comprador e o vendedor estabeleçam seu próprio combinado dentro do contrato.

Para onde vai o imposto e quando devo pagar?

Quem recolhe o pagamento do ITBI é o próprio município, e existem dois momentos em que ele deve ser pago:

– Após a lavratura da escritura.

– Depois do registro da escritura.

Para saber qual é o seu caso, o ideal é que recorra ao seu advogado ou até mesmo a imobiliária que está responsável pelo processo. Deve-se também estar atento ao prazo de pagamento, sendo que este pode variar de cidade em cidade.

Preciso pagar o ITBI mesmo comprando na planta?

Sim! O imposto continue sendo obrigatório, comprá-lo na planta não é um caso de isenção.

Porém, em casos assim ele é calculado quando o imóvel estiver pronto. Fique atento em propagandas que prometem valores menores do imposto na planta! Muitas vezes, não é o que parece.

Deixe um dinheiro reservado para o ITBI!

Além de todo o dinheiro gasto para o imóvel propriamente dito, é necessário reservar para o imposto também, pois dependendo do tipo de construção, o resultado da conta pode sair caro.

Logo, o planejamento financeiro é a melhor solução para evitar dores de cabeça!

A A3 recomenda procurar saber de tudo o que estará envolvido sobre impostos e documentação antes de fechar um contrato imobiliário.

Como é calculado o ITBI?

Não existe um valor fixo para o imposto, ele depende do valor do imóvel que foi comprado. O Superior tribunal de Justiça entende que o ITBI deve ser calculado sobre o preço do imóvel, mesmo que esteja acima do valor venal do IPTU.

Entretanto, existem prefeituras utilizam o maior preço como a base do cálculo! Fique atento! Esta é uma prática ilegal.

Caso isso aconteça, você pode ocorrer para o Superior Tribual de Justiça para que o valor seja calculado corretamente.

Agora, vamos usar um exemplo para entender a matemática do imposto:

Suponhamos que o imóvel custe R$ 200 mil.

Caso a alíquota seja de 2%, a quantia a ser paga de imposto será de R$ 4 mil — 200.000 x 2% = 2000.000 x 0,02 = 4.000.

Ou seja, multiplique a alíquota do imposto com o valor venal do imóvel.

Existem casos de isenção?

Existem apenas três casos que o imóvel fica isento do imposto:

– Quando o imóvel é o primeiro a ser comprado e possui um valor limite determinado que é atualizado todo ano (procure saber com a imobiliária o valor do ano regente). Ou quando o comprador faz parte de algum programa do governo, como Minha Casa Minha Vida.

– Quando imóvel for comprado por uma pessoa jurídica.

– Quando a propriedade é uma herança.

OBSERVAÇÃO IMPORTANTE: Quando a pessoa jurídica que está comprando é do ramo imobiliário, suas transações não estão isentas do ITBI.

A A3 espera que este esclarecimento ajude você! Se quiser saber mais, continue navegando pelo nosso blog para encontrar outros temas.

Posts relacionados

14 thoughts on “Tudo o que você precisa saber ITBI!

  1. Be grateful you for spending time to speak about this, I think strongly about that and delight in reading read more about this topic. Whenever possible, just like you become expertise, do you mind updating your web site with a lot more details? It can be highly great for me. Two thumb up in this article! Jayme Amos Felise

  2. certainly like your website however you have to check the spelling on several of your posts. A number of them are rife with spelling problems and I to find it very bothersome to tell the truth nevertheless I will surely come back again. Millie Somerset Jopa

  3. Risus urna porta est, vitae consectetur urna eros vel nisl. Donec tincidunt risus at neque semper auctor. Donec in ligula imperdiet, vestibulum arcu eu, imperdiet augue. Etiam sollicitudin lorem et eleifend lobortis. In hac habitasse platea dictumst. Betsey Chance Ichabod

  4. I blog often and I seriously appreciate your content. This great article has really peaked my interest. I will book mark your website and keep checking for new information about once a week. I subscribed to your RSS feed as well. Ernaline Dare Emil

  5. To link your Facebook and Twitter accounts, open the Instagram app on your phone or tablet, and select the Profile tab in the bottom-right corner of the screen. Jayme Gunner Horn

  6. This is great advice. Thank you, John and Barb. The CLAM seems to get a lot of good reviews from people that own it. On our list of items to look into for sure. Thanks so much for the good wishes! Cairistiona Buckie Mabelle

Deixe um comentário